3. Apoio ao sistema de relações da comunidade educativa

Nesta área, e tendo como referência o projeto educativo, procura promover-se o desenvolvimento das relações interpessoais no interior da escola e entre esta e a comunidade, numa tentativa de encontrar as diferentes causas dos problemas e as respetivas soluções.

Daí que uma parte importante da intervenção do psicólogo passe pelo trabalho em equipa, articulando estratégias com os órgãos de direção e gestão da escola, diretores de turma e professores, núcleo de apoios educativos e demais intervenientes da comunidade educativa.

A colaboração com instituições exteriores à escola (Centros de Saúde bem como outros serviços de saúde, Centro Regional de Segurança Social, Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Coimbra, Equipa Multidisciplinar de Apoio ao Tribunal de Menores e instituições de ensino superior, nomeadamente a Universidade de Coimbra e Instituto Politécnico de Coimbra) tem também uma importância fundamental.

4. Prevenção do absentismo escolar, do abandono precoce e dos comportamentos disruptivos

Nesta área pretende-se promover uma adequada integração dos alunos, prevenindo a fuga à escolaridade, o abandono precoce e o absentismo sistemático bem como os problemas disciplinares. Assim, os serviços tentam identificar e analisar as causas do insucesso escolar e propor medidas tendentes à sua eliminação, colaborando em diversas ações comunitárias. Pretendem sensibilizar os alunos, as famílias e a comunidade em geral, para as vantagens da qualificação profissional no acesso ao mundo do trabalho.
Integra o grupo de tutoria da escola colaborando na intervenção e acompanhamento de casos.

 

Aviso aos alunos sobre Atividades de Orientação Escolar e Profissional

 

 

Legislação

  • Decreto-Lei 190/91, de 17 de Maio - Criação dos S.P.O nos estabelecimentos de educação e ensino públicos
  • Decreto-Lei 300/97, de 31 de Outubro – Regime jurídico que cria a carreira de psicólogo dos Serviços de Psicologia e Orientação, no âmbito do Ministério da Educação
  • Decreto-Lei 184/2004, de 29 de Julho e Decreto-Lei n.º 262/2007 de 19 de Julho – Conteúdos funcionais da carreira de psicólogo
  • Decreto-Lei nº 3/2008, de 7 de Janeiro – Define os apoios especializados a prestar na educação de alunos com necessidades educativas especiais.